Maria, a amiga da chuva.

O dia estava quente
Ela ia e vinha
Com os pés descalços
no chão de terra batida
Pra sentir a vida
Chamar a chuva
-Maria, entra que vai cair um temporal.
- Onde? Onde? De onde vem? Vai demorar?
Os olhos fechados
Rosto inclinado para cima
Ela sentiu a água escorrer por sua face
- Viu só mamãe, eu chamei e ela veio. Aposto que também estava com saudades.
Saltitando, serelepe de volta para casa
Maria respingava de lama seu uniforme
azul-menina.

1 Ouvintes:

Paju Monteiro disse...

Mais que fofura!!! :D

Postar um comentário